domingo, 12 de julho de 2009


.
Viveremos numa sociedade em que predomina uma pressa crónica?
Se a nossa agenda, não estiver cheia, não somos nada!
Se o nosso telemóvel não toca constantemente, duvidamos da nossa existência!
Se não estamos ocupados somos inúteis!
.
A falta de tempo tornou-se numa indicação de importância. Se não estivermos numa presa constante não somos ninguém!!!
È preciso espaço, silêncio, tempo para pensar, tempo de tranquilidade... coragem é preciso para entrar no silêncio do telemóvel no espaço em branco na nossa agenda.
Espaços assim são necessários nas nossas vidas.
.
.

2 comentários:

Som do Silêncio disse...

E são mesmo :))

Gostei deste post!

Beijo meu

Transcendente disse...

Podes ter a certeza que necessitamos de calma. Vivemos a uma velocidade maior do que a nossa propria e acabamos por não ver a paisagem.