sábado, 14 de fevereiro de 2009




Nas mulheres tudo é coração, até a cabeça.



A paixão relampeja os amantes, o amor os une para sempre.


Cada um revela o que é pelos que tem.


Sabemos dizer menos a quem mais queremos.


As acções boas mais estimáveis são aquelas ocultas.


Ama-me porque sem ti nada posso e nada sou.



pronto e acabaram os Baci


8 comentários:

Fénix disse...

:)
Obrigada.

Som do Silêncio disse...

Mas que texto tão ternurento!!!!

:)))

Beijo muito terno

susaninha disse...

Humm,Baci adoro,já não falando que tem sempre uma supresa dentro.
Original e como disse a Som Ternurento

Beijocas

Mαğΐα disse...

Sabe-me a recadinhos de beijos com sabor a chocolate...

(Se acabaram os Baci, pede que te ofereçam mais :D)

Ás de Copas disse...

"Sabemos dizer menos a quem mais queremos." ... talvez por isso escreva...

Oui C'est Moi disse...

Uma das coisas que gosto neles são as mensagens.

Baci.

Carlos Barros disse...

Por mais que se revelem, sempre serão mistérios a serem desvendados.

Beijo.

Isabel José António disse...

Cara Amiga Martinha,

Muitos parabéns pelo belo poema. Ele toca o sentido oculto das coisas, de tudo o que existe.

Um grande abraço e obrigado por ter passado num dos nossos blogues.

José António